quinta-feira, 20 de abril de 2017

Fibra Ótica: como funciona?


Transformando dados em luz


A fibra ótica não envia dados da mesma maneira que os cabos convencionais. Para garantir mais velocidade, todo o sinal é transformado em luz, com o auxílio de conversores integrados aos transmissores. Há dois modos de converter os dados: por laser e por LED (respectivamente: fibras monomodo e multimodo. Ambas serão explicadas mais adiante).

Sem essa conversão, os dados enviados e recebidos não poderiam desfrutar das mesmas larguras de banda. Nesse momento, surge a necessidade dos cabos de fibra ótica, pois são eles que permitem a velocidade e a qualidade superiores às oferecidas pelos tradicionais cabos de cobre. O motivo disso nós vamos explicar mais à frente neste artigo.

Cabos de fibra ótica


Você imagina como é um cabo de fibra ótica por dentro? Ele não é construído apenas com a fibra de vidro e o revestimento plástico, há várias camadas que fazem parte da estrutura essencial dele. Vamos agora explicar um pouco mais sobre cada uma das camadas que compõe a fibra ótica.
Proteção plástica

Como todo cabo, a fibra ótica também precisa de proteção externa, para evitar que o desgaste natural ou as situações anômalas do tempo representem interferências no sistema. Geralmente, essa camada de proteção é composta por plásticos, tornando a aparência dos cabos de fibra ótica muito similar à apresentada por cabos de rede, por exemplo.

Fibra de fortalecimento

Logo abaixo da camada plástica, existe uma fibra de fortalecimento, bastante parecida com a que existe em cabos coaxiais de transmissão de sinal de televisão. Você sabe qual a função dela? Proteger a fibra de vidro de quebras que podem acontecer em situações de torção do cabo ou impactos no transporte.

Se a camada de fortalecimento não existisse, qualquer movimento brusco que atingisse os cabos de fibra ótica resultaria em quebra da fibra principal e, consequentemente, na perda total do sinal transmitido.

Revestimento interno

Também chamado de “Coating”, o revestimento interno tem função similar à das fibras de fortalecimento. É ele que isola todos os impactos externos e também evita que a luz natural atinja as fibras de vidro internas, o que poderia resultar em interferências muito fortes em qualquer que seja o sinal.

Camada de refração

Nas duas camadas mais internas, ocorre a parte mais importante do processo de transmissão de luz. Cobrindo o filete de fibra de vidro, a camada de refração (ou “Cadding”) é responsável pela propagação de todos os feixes, evitando que existam perdas no decorrer dos trajetos. Em um sistema perfeito, essa camada garantiria 100% de reaproveitamento dos sinais luminosos.

Núcleo

Também chamado de “Core”. Em suma, é onde realmente ocorre a transmissão dos pulsos de luz. Construído em vidro, é por ele que a luz viaja em suas longas distâncias. No próximo tópico mostraremos os dois tipos de fibras de vidro que podem ser utilizados nos cabos.


Reprodução/ExplainThatStuff

Multimodo e monomodo

Os dois nomes que abrem este tópico representam os dois principais modelos de fibras óticas existentes atualmente. Eles são diferenciados em vários aspectos, desde o custo de produção até as melhores possibilidades de aplicação. Qual deles será mais recomendado para a construção de redes de internet?

Monomodo

Como o nome já diz, as fibras monomodo só podem atender a um sinal por vez. Ou seja, uma única fonte de luz (na maior parte das vezes, laser) envia as informações por enormes distâncias. As fibras monomodo apresentam menos dispersão, por isso pode haver distâncias muito grandes entre retransmissores.

Teoricamente, até 80 quilômetros podem separar dois transmissores, mas na prática eles são um pouco mais próximos. Outra vantagem das fibras desse tipo é a largura da banda oferecida, que garante velocidades maiores na troca de informações.

Multimodo

Fibras multimodo garantem a emissão de vários sinais ao mesmo tempo (geralmente utilizam LEDs para a emissão). Esse tipo de fibra é mais recomendado para transmissões de curtas distâncias, pois garante apenas 300 metros de transmissões sem perdas. Elas são mais recomendadas para redes domésticas porque são muito mais baratas.



Isso sim é velocidade

Você já viu que a fibra ótica garante velocidades muito maiores do que as oferecidas pelos fios de cobre comuns, mas ainda não viu os números exatos. Hoje, uma conexão banda larga de alta velocidade é oferecida com cerca de 10 Mbps, o que permite downloads a quase 1,25 MB/s.

Os padrões de testes da fibra ótica apontam para velocidades de 10 Gbps, o que resulta em downloads de 1.280 MB/s. É um aumento considerável, que pode ser extremamente importante para quem gosta de jogar games online ou baixar muitos arquivos pela internet.

Vale dizer que as conexões de 10 Gbps são muito potentes e devem custar muito caro, por isso são mais recomendadas para grandes empresas e universidades, locais em que a banda precisa ser muito dividida. Outra possibilidade é a instalação de padrões de fibra ótica em condomínios, que podem redividir a conexão para vários computadores.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

De que é feita a INTERNET?


​De que é feita a Internet?
Já imaginou sua vida sem internet? 
Como ela seria?

Tente responder a essas perguntas. Mas não limite-se apenas às redes sociais
(WhatsApp, Facebook, Instagram, Twitter, SnapChat, etc...) e nem apenas aos
serviços de e-mail ou aos Blogs e portais de notícias.

Imagine-se sem acesso aos bancos on-line ou aos departamentos de serviços
de trânsito... sem aquelas compras no Ali Express (ou as promoções das
livrarias e afins), sem as compras de passagens aéreas e hospedagens, sem
as emissões de faturas de cartões de crédito, sem as consultas aos
resultados do ENEM, sem o acesso ao NETFLIX ou mesmo sem a possibilidade de
fazer as inscrições nos concursos ou frequentar os cursos à distância.

- E aí? Imaginou?

Pois bem, a popularização dos Smartphones nos dias de hoje, onde (quase)
tudo se resolve “na ponta dos dedos”, nos traz uma outra pergunta: de que é
feita a internet?

Mesmo sem o conhecimento da grande maioria, a internet no Brasil é feita
por milhares e milhares de empresas (quase 6 mil em todo o país), que não
apenas oferecem conexão de internet aos seus usuários. Mais que isso: essas empresas, CONECTAM PESSOAS. É disso que é feita a internet no Brasil.

É daquela empresa, da qual você conhece o dono, o gerente, os técnicos, as
atendentes e sabe que pode contar com ela todos os dias. É disso que é
feita a internet no Brasil.

É de empreendedores, que vencendo desafios gigantescos (num país
continental), atravessam serras, vales, montanhas e pantanais, faça chuva
ou faça sol, para ofertar um serviço que hoje é essencial para a nossa
sociedade. É disso que é feita a internet no Brasil.

É de empresários que movimentam a economia local e procuram ofertar sempre
o melhor serviço disponível, pelo preço mais justo possível, apesar dos
altos custos envolvendo SCM, ASN, SICI, ISS, ICMS, IRRF, PIS, FGTS e mais
vários outros tributos. É disso que é feita a internet no Brasil.

É de empresas que geram empregos e renda nas cidades, compram combustível
nos postos da cidade, compram parafusos nas lojas da cidade e que sempre
apoiam os eventos e iniciativas nas cidades onde atuam. É disso que é feita
a internet no Brasil.

A Conquest Telecom é uma dessas empresas e está sempre preocupada com a satisfação do cliente, em resolver os problemas e antecipar-se às situações adversas.

Conquest Telecom, experiência de mercado à sua disposição.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Como bloquear mensagens e convites do Facebook


O Facebook permite bloquear, de forma discreta e rápida, as mensagens inbox e convites de uma determinada pessoa, seja ela sua amiga na rede social ou não.

Pode acontecer de um usuário abusar da ferramenta de envio de convites para eventos, para curtir páginas, para baixar jogos e lotar a sua caixa de entrada com spam que tem pouca relação com seus interesses. Então, confira todas as opções possíveis para bloquear mensagens e convites na rede social.

Pra começar, Faça login no Facebook e clique nessa seta, localizada após o cadeado, no menu superior. Escolha a opção “Configurações”. Agora, vá em “Bloqueio”. essa janela será exibida. Para bloquear mensagens, o usuário deve encontrar o campo “Bloquear mensagens” e, onde há uma caixa de texto, digitar o nome de quem quer que seja o bloqueado para contato. Uma janela vai se abrir, pedindo confirmação do bloqueio. Clique em “Bloquear mensagens” para confirmar. Pronto!

Para bloquear convites de eventos, o processo é parecido. Encontre o campo com o nome “Bloquear convites de eventos”, rolando a barra para baixo, e digite o nome da pessoa que te convidou para o evento no campo de texto. Aqui não há uma janela para confirmar; o nome da pessoa simplesmente será adicionado à uma lista registrada em seu perfil.

Nos dois casos (para mensagens ou eventos), se desejar desfazer o bloqueio, basta clicar na opção “Desbloquear”, ao lado dos nomes das pessoas, nesta mesma tela.

Fonte: canaltech.com.br